Resenha: Dragon Age Inquisition – Pacote de DLCs

DADLC1


A Descida é o segundo DLC lançado para o Dragon Age Inquisition, porém é o mais simples. Não há nada aqui. Um caça níquel. Com certeza é algo que já poderia estar no jogo principal sem te cobrar por isso. Se trata apenas de uma dungeon de alguns andares. Não vou nem me dar ao trabalho de descrever o “enredo”. Em tese deveria revelar e mostrar mais sobre as origens dos anões, mas fica na promessa. O único ponto alto, é que há realmente adversários interessantes e mais difíceis (assim como o DLC The Golems of Amgarrak, do Dragon Age Origins, lá atrás, então até isso copiaram).

Não acrescenta nada para o jogador que quer um pouco de lore. Nas palavras da minha inquisidora Eloin: “Eu saio daqui com mais perguntas do que respostas.” Não perca seu tempo e seu dinheiro. Sabe o que é pior? Não está disponível para PS3 e Xbox 360. Então você dono desses consoles que mesmo assim queira rasgar um dinheiro, não poderá.

Nota: DADLCZero(0,0 / 5,0)

DADLC2


As Mandíbulas de Hakkon na verdade é o primeiro DLC do Dragon Age Inquisition. Aqui você conhece os Avvares, um tipo de sociedade primitiva que mora nas montanhas. Nossa, que inédito. Trocando em miúdos, é um mapa novo, que com certeza poderia estar no jogo principal, sem tirar nem pôr. O enredo? Nada demais. A Inquisição chega buscando pistas do último Inquisidor que desapareceu misteriosamente há séculos atrás. E você vai acabar precisando da ajuda dos Avvares para conseguir seguir as pistas. E enfrentar um clã, os Hakkons que são hostis. Enquanto se alia a um outro clã, a Ursa de Pedra.

O mapa não é muito grande, mas além da quest principal, tem todas as quests que os outros mapas normais do jogo já têm. Ou seja, nada inédito. Há a adição de um novo poder da Inquisidora, onde ela consegue formar um campo de força que repele ataques de projéteis, e sendo evoluído, consegue também atacar inimigos.

Só não ganha zero, porque há um mínimo de trabalho e avanço do lore. Mas com certeza é um caça níquel. Pode passar.

Nota: DADLCHakkon(1,0 / 5,0)

DADLC3


O Invasor é o último DLC do Dragon Age Inquisition. E de longe é o mais interessante. Ele já começa com uma particularidade, o mapa é travado pois na verdade o enredo se passa 2 anos após os eventos do jogo principal. Então, tenha certeza de que você não vai fazer mais nada. Porque mesmo ao terminar o DLC, você não voltará com acesso aos mapas.

A Inquisição é chamada para a Marcha Exaltada onde a sua utilidade é questionada pelos principais poderes de Thedas. E nesse ínterim, a Inquisição descobre um plano dos Qunaris que estão utilizando os espelhos mágicos (Eluvians) e pretendem quebrar a ordem dos poderes. E há um terceiro agente que aparenta estar ajudando a Inquisição. Mas será que está mesmo?

O DLC é montado em um hub central, o Palácio de Inverno em Orlais, e ali você pode interagir com os demais agentes da Inquisição, além de ter acesso a alguns vendedores e as ferramentas de crafts. Ou seja, tudo que você precisa. Fora do hub, a ação se passa em dungeons dentro dos Eluvians, não muito complicadas diga-se de passagem.

Há uma pequena adição de gameplay, onde a Inquisidora recebe novos poderes, são 3 níveis, para ser mais preciso. O nível 1, ela usa a marca para iluminar os locais. No nível 2, depois de acumular poder suficiente, ela dá um discharge afetando vários inimigos. Como ele enche bem rápido, é bem overpower.  No nível 3, se não soltar depois de acumular o poder, ela solta desenfreadamente atingindo inimigos e aliados ao mesmo tempo. Então cuidado.

Trazendo o meu lamento na resenha original do jogo, onde falei que a grande surpresa do jogo estava na cena pós créditos, pois bem, aqui está a continuação e conclusão disso tudo. Contudo, tudo isso poderia ter sido incluído tranquilamente dentro do jogo. Não se trata de um conteúdo gigantesco que você vai ficar passando horas saboreando.  Ou até mesmo lutando em dungeons intrincadas. Os inimigos são bem fáceis, e nem um pouco variados. Há um plot twist que foi tão ridículo do jeito que foi colocado, que nem sei o que comentar. Não sei se ele acontece se você não levar esse personagem para lutar, no entanto.

Tenho dúvidas se esse DLC realmente merece uma nota 4, igual a minha resenha do jogo original. Entretanto, a revelação do final e o gancho para uma próxima iteração da série me deixaram bastante ansioso. E vale realmente a pena. Cabe dizer que até o momento dessa resenha, o Invasor não estava disponível para os donos de PS3 e Xbox 360.

Nota: DANota (4,0 / 5,0)

Abra seu coração gamer

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s