Chiptune: Volume 5

ChiptuneVol005-7aGeracao

Download | iTunes | AndroidFeed | Soundcloud
Arte da vitrine: Rodrigo Estevão
Edição: Diego Ferreira
Participantes: Diego Ferreira / Rodrigo Estevão / Davi Silva
Trilha Sonora: YouTube / Spotify
Música de encerramento: Gustavo Santaolalla – The Last of Us Main Theme

Olá Amigos e Amigas Gamers! Sejam muito bem-vindos ao nosso volume 5 do Chiptune! O Chiptune é um programa onde pretendemos abordar os mais diversos aspectos das músicas no games e também comentar sobre os principais gênios que fizeram as trilhas que movem os nossos corações gamers!

Neste quinto volume vamos continuar com a evolução da música nos games com a geração do PS3, Xbox 360 e Wii(U). Selecionamos algumas faixas representativas da nossa nostalgia e também de importância histórica para comentarmos esse belo momento no tempo gamer!

Apertem logo o play e vamos lá!

Menções:

Já conhecem a nossa forja de armaduras? É bem aqui! Não deixem de ver a nossa estampa “Eu Quero Acreditar“! Adquira já a sua camiseta Gamer Como a Gente!

Dúvidas, sugestões, xingamentos, desafios ao mestre platinador é só chamar a gente no email: gamercomoagente@gmail.com

Podem também deixar seus comentários nas postagens e não se esqueçam de acessar o nosso FacebookTwitter!

E3 2015 – EA

EALOGO

Amigos Gamers! Vamos aos destaques da conferência da EA!

Mass Effect: Andromeda

Sem palavras para esse pequeno anúncio. Já estou totalmente no hype! Uma das grandes franquias da última geração! Previsto apenas para 2016, no entanto…

Star Wars Battlefront

Estamos no ano de Star Wars pelo visto! Como foi sensacional ver este trailer! Muito empolgante! Chega de CoDs e Battlefields!

Unravel

A EA apresentou o seu novo mascote pelo visto. Ele se chama Yarny, um pequeno ser feito de um único fio de novelo. Basicamente o jogo será um puzzle com plataforma. Parece bastante interessante.

Mirrors’ Edge Catalyst

Um jogo que veio com uma proposta interessante mas com uma péssima execução lá em 2008, agora volta a história de origem de Faith. Curioso é que a estética me lembrou bastante o Remember Me da Dontnod. Mas acho que isso é uma coisa boa. Totalmente construído na engine Frostbite, será um mundo aberto sem loading, tem tudo para ser bem melhor que o primeiro game.

Confiram todo a experiência aqui:

Fonte: IGN