Dark Souls III direto do diretor!

DS3

Em entrevista para o site Game Informer, Hidetaka Miyazaki, diretor de Dark Souls III revelou novos elementos de jogabilidade da aclamada série da From Software. Vejamos a seguir!

Pula fogueira!

As viagens rápidas nas fogueiras de Dark Souls permanecerão acessíveis desde o início, como em Dark Souls II, nada como não ter que passar correndo pelo inimigo para ir do ponto A ao C.

Talvez seja melhor esquivar do que se defender…

Segundo Miyazaki, o player indeciso ainda terá a oportunidade de modificar a sua especialização durante o jogo e não será mais necessário utilizar um Soul Vessel, mas se tem alguma coisa que essa série nos ensina é que não adianta comemorar, provavelmente ficará pior…

Um pouco mais de sofrimento

O New Game+ continuará presente, funcionando da mesma forma como em Dark Souls II. Novos itens, novas armas e nova localização de inimigos garantindo que o jogo continue fresquinho para você que gosta de sofrer…

A porta estava aberta e eu entrei

Prepare-se para ser bastante invadido em Dark Souls III, não haverá mais a necessidade de se utilizar um item como a Cracked Red Eye Orb, ou seja, mais espaço no inventário, mais inimigos invadindo, mais possibilidades de invadir. Pelo menos a invasão será pareada baseando-se no seu nível, nada de enfrentar inimigos piores que os chefes (Pursuer maldito!!)

Pegue sua varinha!

Agora o jogador não ficará mais limitado a um só tipo de magia, pode escolher de acordo com a sua estratégia. Outra bela mudança é que agora não é necessário ficar contando as magias até a próxima fogueira, onde as recarrega novamente. Dark Souls III trará de volta a barra de magia, como em Demons Souls! (Para alegria de nosso amigo Rodrigo Estevão).

Que parede estranha!

Paredes escondidas estarão espalhadas por todo jogo contendo diferentes tipos de segredos, mas não espere ficar apertando o botão de ação pra todo lado esperando encontrar alguma delas, elas só serão descobertas na base da porrada! O diretor Miyazaki explica: “Eu gostaria que coincidências acontecessem durante as batalhas, ou acidentalmente brandindo uma arma ou atirando flechas randomicamente. Eu gostaria de implementar este tipo de descoberta surpresa de forma natural quando se está jogando”.

Quebrou!! Morri…

Grande desafio para os programadores da From Software, a durabilidade das armas tirou um pouco do sono de Myiazaki. No primeiro jogo, as armas demoravam demais a quebrar, para fazer com que os jogadores variassem mais as armas, diminuíram muito a durabilidade, e o problema se agravou na versão Scholar of the First Sin. “Espero encontrar um bom balanceamento para Dark Souls III” disse Myiazaki.

Ansioso para morrer de novo e de novo outra vez? Aqueça seu coração de Hollow na fogueira de emoções de Rodrigo Estevão e sua resenha de DARK SOULS II: Scholar of the First Sin!!!

2 comentários sobre “Dark Souls III direto do diretor!

Abra seu coração gamer

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s