Videogame também é arte

Gamers! O Strong National Museum of Play em Nova York é um museu diferente. Ele faz uma curadoria da arte e história dos jogos e brinquedos. E não uma questão puramente de brincar, mas sim de reflexo de uma cultura, os “brinquedos” refletem como uma sociedade se coloca em determinado momento.

Strong

O museu possui um ambiente onde é apresentada toda a história dos videogames (clica aqui), desde os primórdios até hoje. Tentando mostrar diversos aspectos da sua evolução, tanto como tecnologia quanto a questão cultural. O trabalho por trás deste esforço é do Centro Internacional para a História dos Jogos Eletrônicos (ICHEG). A exibição permanente chamada eGameRevolution (clica aqui) permite que o visitante interaja com diversos elementos de jogos personalizados (tais como o Tetris Gigante ou a batalha de Pac-Man). Além de jogar clássicos dos consoles e PC, máquinas de pinball. E claro, raridades da indústria, como cartuchos singulares, revistas raras, rascunhos e comentários dos principais desenvolvedores.

E agora o museu está promovendo um hall da fama gamer e você pode participar (clica aqui)! Até o dia 31 de março você pode nomear os seus favoritos nas seguintes categorias: ícone, longevidade, alcance geográfico e influência. Vamos contribuir para essa empreitada!

Case

Um comentário sobre “Videogame também é arte

Abra seu coração gamer

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s